PROMESSAS

                  PROMESSAS

É primavera florida a promessa que me chega;
Olor suave de flores viçosas e frescas,
Verde relva onde a paz se aconchega,
Cores suaves de promessas verdadeiras.

Clamor do belo espetáculo da natureza,
Forte chamado para o amor que lateja.
Por entre galhos floridos,
A felicidade que a vontade forte lampeja.

O Sol que arde a paixão,
A Lua , que atenta, suspira emoção.
De repente, a mente surpresa ao ouvir um não,
O descompasso arfante da batida de um coração.

Foi promessa vã no outono chegado,
Desassossego do elo partido,
Decepção pelo sentimento negado,
No final; coração partido, alquebrado.

                 Mauricio Bressan Junior
                       11/06/2012       

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s