PARABÉNS ANA LUIZA/FELIZ DIA DOS PAIS

Quando escrevi este poema para a pequena Ana Luiza, ela tinha 3 anos.
E foi uma época em que ela passou vários finais de semana conosco (Zulma e eu), por isso eu a considero minha neta, apesar do ciúme (rsrsrs..) dos seus avós, e meus amigos.
Hoje, 13/08/2011, a pequena Ana Luiza está fazendo 16 anos. Linda, com seus olhos verdes, seus cabelos louros, e sua meiguice.
Parabéns pequena Ana.
Um grande beijo deste teu avô de mentirinha, mas que te quer bem de verdade.

Mauricio Bressan Junior
      13/08/2011

  ANA LUIZA

Ana. Ana pequena, Ana serena.
Luiza criança, moleca, peralta,
Criança feliz, criança menina,
Ana faceira, Luiza amena.

Ana Luiza, seus nomes que marcam.
Seus olhos pequenos, verdes, trigueiros.
Esmeraldas na face da serena Ana;
Furacão tranqüilo nas noites inteiras.

Vem criança, vem dormir seu sonho tranqüilo.
Vem brincar nas noites inquietas.
Vem Ana, vem cantar, criança moleca,
No domingo da rua, menina sapeca.

Ana de doce espocar risadas,
Alegre Luiza, suave estrondo de felicidade,
Que faz feliz, a vida, essa criança,
Esperança do amanhã, em sua bendita infância.

           Mauricio Bressan Junior
                 06/01/1999

Hoje (13/08) é aniversário da pequena Ana Luiza, e amanhã (14/08) será o DIA DOS PAIS.
Lá em 1966 (dia 14/08, como será amanhã), eu era um jovem de 18 anos, e no dia dos pais desse ano escrevi um poema que dediquei e dei de presente para o meu pai.
Foi algo que escrevi, talvez um poema um pouco imaturo, mas profundo de sentimento, apesar da juventude de meus 18 anos.
Esse poema esteve apartado de mim por muitos anos, pois sem os recursos da informática naqueles tempos, o manuscrito foi para as mãos de meu pai, e só depois que ele partiu desta vida em 1981, foi que o recuperei, entre as coisas que ele tinha guardadas.
Espero que os pais que puderem ler este poema, sintam o que sinto hoje, como pai, ao lê-lo.

      PAI

Pai agradecer-te é besteira
Tudo aquilo que me fez.
Agradecimento é uma asneira,
Porque quem não sabe,
O que você por mim fez?
Mas mesmo sabendo de tudo,
Sou-lhe grato por todo o bem;
O bem que me ensinaste,
O mal que de mim jogaste,
Jogaste para fora,
Jogaste para o além.

Tudo isso que eu aprendi,
Tudo isso que sei,
Sei graças a você,
E com a ajuda de mais alguém (mamãe).
Todos os conselhos me serviram,
Tão bem que jamais esqueci,
E por isso escrevi,
Este poema para ti.

Mas escrever só, não adianta,
É preciso saber cumprir.
E podes ficar tranqüilo,
Que te vou fazer
Tudo quanto prometi;
Tudo que te é de agrado
Vou te fazer sentir.

Felicidade imensa,
É pouco pra te dar.
Alegria infinda,
Não sei como vou arranjar.
Mas tudo isso,
Podes esperar,
Porque de mim muito mais terás.
Não sou nada pra isso dizer;
Nada me põe diante do mundo,
Pra tudo isso te oferecer.
Mas apenas uma coisa basta,
E vou dizer:
Ser teu filho é vencer.
Basta isso pra coragem criar,
Pra fraqueza vencer,
E tudo então vir te trazer.

Nem sempre adiantam presentes,
Fruto algum nos faz colher,
Pouco bem nos faz fazer;
Presente nem sempre é agradecimento,
Pelo contrário,
Às vezes é falta de argumento.

Mas deixe presentes de lado,
Pense só no orgulho farto,
De ter pai como tenho você.

Pai só mais uma coisa vou te dizer,
Não se estoure quando digo,
Pois não quero te perder.
E depois, não te esqueças,
Tudo aquilo que de ti eu digo,
Todas as páginas que pra ti folheio,
Não te aborreças,
Mas sempre tem mamãe no meio.
Pai, é só,
Nada mais vou te dizer;
Pois seria bobagem falar mais que isso.
Pai, só queria te agradecer.

      Mauricio Bressan Junior
           14/08/1966

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s