MOMENTO MÁGICO – ZULMA

Existem momentos em que algo de excepcional nos acontece.
Algo como ver, por exemplo, alguém que já não está em nosso meio.
Não é uma visão clara, mas sabe-se o que, ou quem se está vendo.
É uma sensação muito forte e muito marcante, mas no meu caso, foi muito bom.
Foi uma sensação de êxtase, de deslumbramento.
Não sei até onde tudo isso é real, não sei se é possível, mas a verdade é que eu vi, ainda que não seja possível, e não quero questionar, só quero reter na memória aquele momento.

EU ONTEM VI VOCÊ

Eu ontem vi você.
E te vi tão completamente,
Te vi tão despudoradamente,
Que te vi por inteiro.
Te vi apaixonadamente,
Absurdamente aturdido,
Completamente embevecido.

Eu ontem vi você.
Vi teu semblante,
Teu porte imponente,
Vi teus olhos, por um instante,
Senti teu cheiro, tua pele,
Percebi o sentimento num repente,
E me prostrei em doce deleite.

Eu ontem vi você.
E te vi desesperadamente,
Te vi, e senti tão contente.
Ah! Como foi bom ver-te,
Saber-te tão linda,
Saber-te tão infinda,
Que queria, hoje, ver-te ainda.

Mauricio Bressan Junior
15/10/2008

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s