Arquivo do mês: outubro 2010

AINDA, DEPOIS DA PARTIDA

Ainda, depois da partida da Zulma, escrevi muitas coisas, e esta é uma delas, é uma forma de descrever como vivemos. ESTRADAS DA VIDA Temos caminhado juntos esta estrada. Percorremos caminhos tortos, Andamos atalhos longos, Sempre serpenteando, às vezes por … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

PARA REGINA E ARISTIDES

Conhecer pessoas é sempre muito bom. Conhecer quem acrescenta algo especial em nossas vidas é muito melhor. Por isso escrevi este texto, pois é gente assim que torna melhor a nossa vida. Mauricio Bressan Junior PARA REGINA E ARISTIDES Eu … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

POEMA PARA A ZULMA

TU Tu és mulher, divina impetuosa, Mulher ingênua, mulher manhosa. Tu me fascinas, me dominas, Mulher que me adora e que me ensina. Tu és o fogo intenso na noite escura, És desassossego, ciúme e paz diurna. Mulher sem trique-trique, … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

TRISTEZA

TRISTEZA Sempre que sinto tristeza, sinto fadiga, sinto preguiça. Sento e penso; penso em tudo que me levou àquele estado. Penso, penso muito, como se só isso me restasse fazer. Como se só isso pudesse resolver. A tristeza, que se … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

SONHO E PENSAMENTO

Como são interessantes nossos sonhos. Às vezes não sabemos interpretá-los, outras são significativos, e nos dizem que rumo seguir, outras saõ intrigantes. Mas sempre querem nos dizer algo especial, algo importante. Sempre, são um reflexo daquilo que ansiamos, ou são … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

UM POUCO DE PAZ, NUMA NOITE CLARA DE LUAR.

Mas vamos deixar as partidas suspensas por alguns momentos, e vamos procurar um pouco de paz frente ao mar e sob a lua, tão cantanda por tantos poetas. Deixem-me sonhar um pouco, e trazer paz de espírito para uma mente … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

DEPOIS DA PARTIDA – AMIGA AZUL

Durante um período muito difícil, após a partida da Zulma, conheci uma moça, aliás uma menina, (na verdade já a conhecia), que me deu uma força incrível; com suas palavras, nossas conversas, e o incentivo para que eu escrevesse. Foi … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário